Semana de conscientização sobre o xixi na cama alerta para a importância do acolhimento à criança

Nesta edição do Sintonia Rio, o coordenador do Centro de Estudos Miccionais da Infância (Cedimi) da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (UFBA), Dr. Ubirajara Barroso Jr, fala da Semana de Conscientização sobre o Xixi na Cama: um alerta para a importância do acolhimento à criança. O problema atinge cerca de 10% das crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos. Entre os tratamentos para a condição estão medicamento, neuroestimulação sacral e alarme noturno.

O tratamento do xixi na cama é recomendado para crianças acima de 5 anos, caso o problema esteja interferindo na vida familiar. Já após os 7 anos, o tratamento médico é obrigatório, pois estudos mostram que depois dessa idade começa a haver redução da autoestima e outros problemas emocionais em associação à enurese, além da chance de a criança recuperar o controle do esfíncter sozinha se tornar menor.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *