Pesquisadores baianos criam aplicativo que gerencia dados de saúde ao longo da vida

Reunir o histórico de vacinas, prontuários, remédios, comorbidades e exames realizados ao longo da vida de uma pessoa é de extrema importância diante de um tratamento médico, mas pode ser uma tarefa difícil. Pensando em facilitar o acesso a esses documentos, o pesquisador Juca Muthier, de Salvador, se reuniu com um grupo multidisciplinar de profissionais e desenvolveu “Blu”, um aplicativo que centraliza todos os dados clínicos das pessoas em um único lugar.

 

Originalmente, a startup Blu funciona como um gerenciador de saúde pessoal. O aplicativo surgiu após cinco meses de pesquisa e seu desenvolvimento é focado na troca de informações entre médicos e pacientes, que alimentarão o programa individualmente por meio do registro desses dados. “Consideramos que temos hoje uma versão Beta funcionando, onde é possível agendar, realizar e acompanhar consultas médicas, porém ainda é necessário realizar melhorias e adequar para uma melhor experiência”, explica Muthier.

 

A iniciativa pretende entrar no mercado logo após a consolidação do aplicativo e a construção de parcerias. Para os desenvolvedores do projeto, o aplicativo contribuirá de forma efetiva com a população. “Ao fazer o paciente ser dono do seu histórico médico e de seus prontuários e facilitar o registro e gerenciamento da saúde pessoal, nós contribuímos para uma sociedade mais consciente e ativa no cuidado com sua saúde”, disse o pesquisador

 

Além de Juca Muthier, o projeto reúne os pesquisadores Alice Nery, Harrison Henri, Philippe Quadros e Daniel Melo, que são das áreas de Engenharia de Controle, Automação e Elétrica, Sistemas da Informação, Ciência e Tecnologia e Ciências da Computação. O grupo recebe o incentivo do Programa Centelha, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), que estimula a criação de empreendimentos inovadores e participou da incubação na InovAtiva.

Fonte: Bahia Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *