Jerônimo Rodrigues inaugura Hospital Regional Piemonte do Paraguaçu, em Itaberaba

A população do município de Itaberaba passa a contar com uma nova unidade hospitalar. O governador Jerônimo Rodrigues (PT), acompanhado do ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT), e da secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana, entregou o Hospital Regional Piemonte do Paraguaçu, nesta sexta-feira (2).

Conforme Jerônimo, a inauguração do hospital integra uma estratégia robusta do Governo do Estado na descentralização da Saúde. “Essa é uma entrega muito importante, não só para Itaberaba, mas para toda a região. É mais um hospital a compor a nossa rede com 70 leitos, ala infantil, tratamento de saúde mental, mais 10 leitos de UTI. Tudo isso para contribuir com a saúde da região e com o Sistema de Regulação”. Ainda segundo o governador, novas entregas de unidades de saúde serão feitas em breve, a exemplo do Hospital Ortopédico, em Salvador.

Recentemente estadualizada, a unidade conta com 70 leitos, sendo 10 leitos de UTI adulto. O hospital também tem leitos de saúde mental e ofertará atendimento ambulatorial, com consultas especializadas e cirurgias ambulatoriais, bem como diagnósticos e terapias. A expectativa é que sejam realizadas mais de 230 cirurgias por mês, além de atender casos de urgência e emergência clínica, cirúrgica, pediátrica e traumato-ortopedia.

Serão 230 profissionais atuando para dar assistência de qualidade à população da região do Piemonte do Paraguaçu. A secretária Roberta Santana aponta que a unidade fortalece a rede assistencial do SUS na região. “Essa é mais uma entrega do Governo do Estado. Vamos oferecer diversos serviços em alta complexidade” afirmou a titular da pasta.

A secretária explicou ainda que o hospital ofertará internação hospitalar nas especialidades de Clínica Médica, Cirúrgica e Pediátrica, além de internação em UTI adulto. Contará com atendimento ambulatorial, com a oferta de consultas especializadas e cirurgias ambulatoriais; procedimentos de diagnose e terapias, além de demais serviços de apoio assistencial e administrativo.

Construído em um terreno do Governo Federal, o Hospital Regional Piemonte do Paraguaçu tem equipamentos de última geração, como um tomógrafo de 16 canais, dois Raio-X, sistema de captura e digitalização de imagens, além de dois aparelhos de ultrassonografia.

 

IMBRÓGLIO DA REABERTURA
O equipamento de saúde inaugurado pela gestão estadual nesta sexta-feira (2) esteve fechado ao longo dos últimos 15 anos. Em 2022, uma iniciativa da prefeitura de Itaberaba buscava a concessão onerosa do hospital para a iniciativa privada por um período de 10 anos. O projeto de lei que viabilizaria a medida chegou a ser aprovado pela Câmara de Vereadores.

Segundo o prefeito Ricardo Mascarenhas (PP), na época, a decisão de conceder a unidade para uma empresa privada ocorreu por conta de um afastamento do seu grupo político com o Partido dos Trabalhadores, responsável pela administração estadual, com quem havia uma convênio para estruturação e reabertura do espaço.

Mascarelhas alegou que, com o rompimento da aliança com o seu partido, acabou retrocedendo. Ele chegou a afirmar que o seu apoio político foi usado como uma condicionante pelo governo estadual para a inauguração do local.

Equipamentos de propriedade do estado já haviam sido instalados na estrutura e o então governador, Rui Costa (PT), esteve na cidade em junho do ano passado, e opinou sobre a decisão de Mascarenhas. De acordo com ele, a concessão seria contraditória ao acordo feito entre o Governo da Bahia e o município.

“No projeto que eu vi, estava como concessão onerosa. Acho que é uma confusão formal, porque concessão onerosa é quando você tem um prédio público e você vai liberar para receber alguma coisa. Pedi para a secretária de Saúde acompanhar, porque todos os equipamentos são do Governo. Sendo concessão onerosa, com os equipamentos lá, seria desvio de finalidade”, disse Rui.

Em março deste ano, depois de tratativas com a prefeitura e o novo governador Jerônimo Rodrigues (PT), uma publicação no Diário Oficial divulgou a reabertura do Hospital Regional de Itaberaba – que passou a integrar a rede assistencial do estado.

 

Fonte: Bahia Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *