HRVJ capacita médicos do Litoral Leste e Vale do Jaguaribe em intubação orotraqueal

Pensando em levar cada vez mais conhecimento à população da região, o Hospital Regional do Vale do Jaguaribe (HRVJ), equipamento vinculado à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e administrado pelo Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), realizou nos últimos dias 23 e 24 de maio um curso de intubação orotraqueal destinado a médicos colaboradores e que atuam em unidades de saúde da região. A capacitação foi organizada pela direção clínica e pela coordenação de anestesia, em parceria com o centro de estudos do HRVJ.

A ideia foi dar oportunidade para os médicos generalistas da região revisarem o assunto, fundamental para o atendimento de urgências e emergências. “A capacitação configurou-se de modo abrangente, abordando a anatomia, aspectos técnicos de insumos, farmacologia e alternativas para vias aéreas classificadas como difíceis. A imersão prática foi o auge do curso, onde os participantes puderam aplicar em manequim tudo que foi discutido”, explica Renê Cavalcanti, médico anestesista responsável pela aula.

O profissional de clínica médica, Dogival Marrocos, foi um dos capacitados. “O momento foi importante pelo conhecimento multiplicado e pela interação entre a equipe médica e os profissionais de toda a região, além de servidores do HRVJ e de outros hospitais”, pontua.

O médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Jaguaribe, Felipe Lemos, acrescentou que o curso é relevante, principalmente, para as pessoas que trabalham na porta da Emergência, com pacientes que frequentemente chegam em estado crítico. “Muitas vezes, precisamos decidir pela intubação, mas a prática depende muito do operador. Então, essa experiência que acoplamos ao nosso serviço é boa tanto para nós quanto para o paciente, que se beneficia, se o procedimento for bem feito e orientado”, diz Lemos.

Ampliação de conhecimento aos profissionais de saúde

A coordenadora do Centro de Estudos do Hospital, Ticyanne Pereira, lembra que a vinda de uma unidade de saúde terciária para região acaba proporcionando uma ampliação de conhecimento aos profissionais de saúde. “Essa é uma consequência natural e, como aqui a gente recebe pacientes graves das cidades que são atendidas pelo HRVJ, um curso como esse se faz necessário para aprofundar o conhecimento dos profissionais de saúde da região, que enviam esses pacientes para nós”, destaca.

A diretora clínica, Ana Paula, reforça que a ideia de estender o curso para os médicos de outros serviços da região, como de hospitais particulares e UPAs, tem o intuito de compartilhar o conhecimento disponível em uma unidade de referência com porte terciário. “Isso proporciona uma melhor interação entre profissionais médicos e o aprimoramento da assistência prestada na região do Litoral Leste e Vale do Jaguaribe”, destaca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *