Baianos passam a contar com centro especializado em transtorno do espectro autista

Um centro especializado no cuidado ao paciente com atraso no desenvolvimento. Este é o Novo Mundo, inaugurado nesta terça-feira (10), em Vilas do Atlântico (Lauro de Freitas), com foco em Transtorno do Espectro Autista (TEA) e desenvolvimento atípico. Tem como objetivo principal ofertar um atendimento especializado e multiprofissional, além de ajudar a cobrir a lacuna assistencial que existe no estado para esse tipo de atendimento. 

 

Voltado para pacientes da primeira infância até os 14 anos e com atendimento privado, o novo centro de desenvolvimento infanto-juvenil, uma unidade da Liga Álvaro Bahia (mantenedora do Martagão Gesteira), realizará desde o diagnóstico diferencial até o acompanhamento com especialistas. Toda a renda obtida será revertida para o Martagão.

 

“O Novo Mundo é um serviço de atendimento interdisciplinar, com objetivo de desenvolver a autonomia do indivíduo, a qualidade de vida e as interações socioculturais. Realizando acompanhamento no espaço clínico, familiar e apoio escolar através do compartilhamento do plano de ensino individualizado, além da psicoeducação familiar com intervenções baseadas no treinamento parental”, explica a coordenadora do centro, Jade Ísis.

 

A equipe de especialistas da unidade, acrescenta Jade, possui experiência no cuidado integral a pessoas com diagnóstico de TEA e desenvolvimento atípico. É formada por terapeuta ocupacional, psicomotricista, psicólogo, musicoterapeuta, nutricionista, fonoaudiólogo, psicopedagogo, acompanhante terapêutico, fisioterapeuta e educador físico.

 

“Cuidar, intervir de forma humanizada e possibilitar intervenções com evidências científicas, através de um plano terapêutico individualizado, é a marca da nossa equipe e dos profissionais que atuam na unidade”, frisa a coordenadora.

 

O Novo Mundo, uma unidade da Liga Álvaro Bahia, entidade com expertise em pediatria, está localizado na Rua Praia de Pajussara, 95, em Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas.

 

 

Fonte: Bahia Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *