Acelerador linear do Hospital Regional de Juazeiro já realizou mais de 120 sessões, ampliando assistência oncológica na região

Há pouco mais de um mês em funcionamento, o acelerador linear da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) localizada no Hospital Regional de Juazeiro, no norte do Estado, já realizou mais de 120 sessões. Adquirido por meio de cessão do Ministério da Saúde, o equipamento de última geração proporcionou a ampliação na assistência oncológica em toda região, possibilitando o início do serviço de radioterapia na unidade.

Nesse período, 15 pacientes já iniciaram o tratamento com auxílio do equipamento, que torna o combate ao câncer mais eficiente e preciso. São pessoas como a juazeirense Raquel Feitosa, que há duas semanas deu início ao tratamento no local. “Já fiz algumas sessões com o acelerador linear, os médicos explicaram tudo e como o aparelho pode ajudar a combater o meu câncer. Ter essa opção de um tratamento mais eficaz é uma bênção de Deus”, comemora.

Médica radioterapeuta responsável pelos tratamentos feitos com o auxílio do acelerador, Ana Carolina Pereira explica que o equipamento possibilita a realização de um combate mais efetivo ao tumor cancerígeno. “A gente consegue, em mais de 90% dos casos, fazer um tratamento muito mais preciso, protegendo as estruturas que estão ao redor e proporcionando um tratamento seguro e eficiente. Sabemos que, cerca de 2/3 dos pacientes oncológicos vão precisar, em algum momento, da quimioterapia. A demanda tem aumentado muito e ter o acelerador linear realizando o serviço de radioterapia em Juazeiro é uma vitória”, explica a radioterapeuta.

Secretária da Saúde do Estado, Roberta Santana destaca a importância que o equipamento utilizado em tratamentos radioterápicos representa para a assistência e regionalização da saúde. “Desde 2020, os moradores de Juazeiro e região não precisam mais se deslocarem até Salvador para realizar o tratamento oncológico. A Unacon tem concentrado todo atendimento de câncer do norte da Bahia, e é isso que chamamos de regionalização da saúde. As pessoas não precisam mais sair de suas regiões para encontrar um atendimento especializado e de referência. Com o acelerador linear, a assistência fica ainda mais qualificada e completa, possibilitando, simultaneamente, a ampliação da oferta de procedimentos”, afirma. Santana ainda destaca que está em curso uma licitação internacional pelo Estado da Bahia para a aquisição de novos equipamentos a fim de ampliar significativamente a rede oncológica no estado.

Irecê e Barreiras também contarão com o recurso

Em breve, as Unacons de Irecê e Barreiras também vão contar com a tecnologia dos aceleradores lineares. Os equipamentos são fruto de uma parceria entre o Governo da Bahia e o Ministério da Saúde. Em visita ao estado na última semana, a ministra da Saúde Nísia Trindade anunciou novos investimentos no valor de R$ 303,8 milhões na rede de saúde estadual da Bahia. Dentre o pacote de medidas, está a cessão dos dois aceleradores lineares que vão ampliar a assistência das Unidades de Alta Complexidade em Oncologia dos municípios.

Fonte: Sesab

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *