CIATox alerta e orienta profissionais sobre as “drogas K”

As polícias Civil e Militar da Bahia realizaram a terceira apreensão em 2023 no Estado de canabinóides sintéticos, popularmente conhecidos como “drogas K”, que se encontram popularizados no Estado de São Paulo. O Centro de Informação e Assistência Toxicológica da Bahia (CIATox-BA) divulgou comunicado alertando e orientando profissionais de saúde sobre diagnóstico e tratamento em casos de intoxicação relacionados à droga.

De acordo com o CIATox-BA, dentre os efeitos tóxicos dessas substâncias – erroneamente chamada de ‘maconha sintética’ – no organismo, já foram relatados episódios de toxicidade cardiovascular, perda de consciência e coma, depressão respiratória, convulsões, hiperêmese, delírio, psicose e comportamento agressivo.

“O diagnóstico clínico de intoxicação aguda por canabinóides sintéticos geralmente é realizado com base na história do uso da droga relatada pelo paciente e nos achados físicos compatíveis. Até o momento, estas drogas não são detectáveis nos exames toxicológicos de rotina”, orienta o centro.

Os tratamentos variam de acordo com os casos, que podem ser de leves a moderados, com grande agitação e até episódios de psicose, convulsões, rabdomiólise e dor torácica aguda, entre outros. O CIATox-BA alerta que todos os casos suspeitos ou confirmados de intoxicação por drogas de abuso devem ser notificados. O centro está disponível 24h, ininterruptamente, para orientação toxicológica pelo telefone 0800 284 4343.

 

Fonte: Secom / BA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *